Área restrita



Quem está online

Nós temos 17 visitantes online
Normas de comportamento PDF Imprimir E-mail
NORMAS DE COMPORTAMENTO
A história da humanidade é rica de ensinamentos e comportamentos que, ao longo dos milênios, foram se cristalizando na mente e no coração dos homens, estabelecendo
certas atitudes.
Numa busca rápida pelo super Google – sem dúvida, a mais completa ferramenta de consulta  de informação jamais inventado – encontramos algumas referências sobre os códigos, leis e mandamentos que  vêm norteando o comportamento de quem tem acesso ao mundo digital.
O Código de Hamurabi, é considerado um dos mais antigos c´dogiso de conduta de que se tem notícia, foi implantado no século XVIII a.C. pelo rei Hamurabi, pertencente à  primeira dinastia babilônica. Pouco depois de ascender ao trono, o jovem soberano deu início à fusão de semitas e sumérios em uma unidade política e civil, imposta não só pelas armas, mas também pela ação administrativa e pacificadora, e dessa forma conquistou, por meio de acordos e guerras, quase toda Mesopotâmia.
A seguir temos o Bhagavad-Gita, livro que rege a religião hindu, revelado por Krishna, que viveu na Índia há mais de 5.000 anos (por volta de 3.000 a.C.). Trazendo uma mensagem de amor, fé e esperança, e é reverenciado por budistas, hindus e brâmanes. Foi escrito na melhor tradição dos livros sagrados e relata a luta travada no espírito humano pelo Bem contra o Mal, a supremacia do espírito sobre o egoísmo, as paixões e os prazeres mundanos.
Depois, foi a vez de Moisés com os Dez Mandamentos, retratados nos livros do Êxodo e do Deuteronômio. Os Dez Mandamentos foram recebidos por Moisés no Monte Sinai, há aproximadamente 1250 anos antes de Cristo, contendo os fundamentos que desde então norteiam a religião judaica.
O Tao-Te-King trás os ensinamentos de Lao-Tsé, nascido aproximadamente no ano 500 antes de Cristo. Esses escritos orientaram a filosofia chinesa e também servem de inspiração para muitos ocidentais até hoje.
O Tri-Pitakas - livro sagrado dos budistas, foi revelado por Deus a Sidarta Gautama, o Buda, que nasceu no ano 556 antes de Cristo, filho único de um rei do Himalaia, atual Nepal. Buda abandonou a vida principesca para viver como um mendigo em busca da verdade espiritual. Após 45 anos pregando a sabedoria e a compaixão, Buda entrou no Nirvana, ou seja, alcançou a "Grande Morte". Este foi um dos acontecimentos mais belos e significativos da história da humanidade, enriquecendo a mente humana e transbordando bondade, amor e compaixão através dos séculos até os dias atuais.
O Alcorão é um dos livros mais influentes da história. Foi revelado por Maomé, que nasceu em Meca, na Arábia, em 570 d.C. e faleceu aos 62 anos, em Medina. Para mais de 800 milhões de muçulmanos, espalhados em pelo menos 40 países do mundo, ele é a própria palavra de Deus. O Alcorão é um código de leis que se sobressai por sua pureza de estilo, sabedoria e verdade, constituindo-se em uma força indutora do comportamento religioso, social e político. Prescreve aos homens uma vida de submissão à vontade divina, e rapidamente se espalhou pelo mundo, fazendo com que durante a época áurea da civilização islâmica muitas nações diferentes fossem unidas em uma grande fraternidade.
Dentre todos os seres iluminados, destaca-se de forma marcante a figura de Jesus, que com toda simplicidade e clareza definiu e sintetizou todos os mandamentos em um só:
Amar a Deus sobre todas as coisas do céu e da Terra e ao próximo como a si mesmo.
Em todas estas escrituras sagradas o homem é convocado por seu Criador a desenvolver e exercitar virtudes como o amor, a bondade, a compaixão, a justiça, a equidade e a retidão.
Heitor Rodrigues Freire – Corretor de imóveis e advogado.

A história da humanidade é rica de ensinamentos e comportamentos que, ao longo dos milênios, foram se cristalizando na mente e no coração dos homens, estabelecendo certas atitudes.

Numa busca rápida pelo super Google – sem dúvida, a mais completa ferramenta de consulta  de informação jamais inventado – encontramos algumas referências sobre os códigos, leis e mandamentos que  vêm norteando o comportamento de quem tem acesso ao mundo digital.

O Código de Hamurabi, é considerado um dos mais antigos c´dogiso de conduta de que se tem notícia, foi implantado no século XVIII a.C. pelo rei Hamurabi, pertencente à  primeira dinastia babilônica. Pouco depois de ascender ao trono, o jovem soberano deu início à fusão de semitas e sumérios em uma unidade política e civil, imposta não só pelas armas, mas também pela ação administrativa e pacificadora, e dessa forma conquistou, por meio de acordos e guerras, quase toda Mesopotâmia. 

A seguir temos o Bhagavad-Gita, livro que rege a religião hindu, revelado por Krishna, que viveu na Índia há mais de 5.000 anos (por volta de 3.000 a.C.). Trazendo uma mensagem de amor, fé e esperança, e é reverenciado por budistas, hindus e brâmanes. Foi escrito na melhor tradição dos livros sagrados e relata a luta travada no espírito humano pelo Bem contra o Mal, a supremacia do espírito sobre o egoísmo, as paixões e os prazeres mundanos. 

Depois, foi a vez de Moisés com os Dez Mandamentos, retratados nos livros do Êxodo e do Deuteronômio. Os Dez Mandamentos foram recebidos por Moisés no Monte Sinai, há aproximadamente 1250 anos antes de Cristo, contendo os fundamentos que desde então norteiam a religião judaica.

O Tao-Te-King trás os ensinamentos de Lao-Tsé, nascido aproximadamente no ano 500 antes de Cristo. Esses escritos orientaram a filosofia chinesa e também servem de inspiração para muitos ocidentais até hoje.

O Tri-Pitakas - livro sagrado dos budistas, foi revelado por Deus a Sidarta Gautama, o Buda, que nasceu no ano 556 antes de Cristo, filho único de um rei do Himalaia, atual Nepal. Buda abandonou a vida principesca para viver como um mendigo em busca da verdade espiritual. Após 45 anos pregando a sabedoria e a compaixão, Buda entrou no Nirvana, ou seja, alcançou a "Grande Morte". Este foi um dos acontecimentos mais belos e significativos da história da humanidade, enriquecendo a mente humana e transbordando bondade, amor e compaixão através dos séculos até os dias atuais. 

O Alcorão é um dos livros mais influentes da história. Foi revelado por Maomé, que nasceu em Meca, na Arábia, em 570 d.C. e faleceu aos 62 anos, em Medina. Para mais de 800 milhões de muçulmanos, espalhados em pelo menos 40 países do mundo, ele é a própria palavra de Deus. O Alcorão é um código de leis que se sobressai por sua pureza de estilo, sabedoria e verdade, constituindo-se em uma força indutora do comportamento religioso, social e político. Prescreve aos homens uma vida de submissão à vontade divina, e rapidamente se espalhou pelo mundo, fazendo com que durante a época áurea da civilização islâmica muitas nações diferentes fossem unidas em uma grande fraternidade.

Dentre todos os seres iluminados, destaca-se de forma marcante a figura de Jesus, que com toda simplicidade e clareza definiu e sintetizou todos os mandamentos em um só:

Amar a Deus sobre todas as coisas do céu e da Terra e ao próximo como a si mesmo.

Em todas estas escrituras sagradas o homem é convocado por seu Criador a desenvolver e exercitar virtudes como o amor, a bondade, a compaixão, a justiça, a equidade e a retidão. 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Redes sociais

Facebook 
Hjemmeside Wildberry Telefoni Internet